Siglas e acrónimos da aviação militar

(em atualização permanente...)

# A

ALS (Approach lighting system) - é um sistema de luzes de aproximação utilizado para aumentar a segurança da aeronave durante aproximação e aterragem, principalmente durante a noite ou quando a visibilidade é reduzida.

AGM (Air to Ground Missile) - designação Norte Americana para mísseis Ar-Terra

AIM (Air Interception Missile) - designação Norte Americana para mísseis Ar-Ar

AMRAAM (Advanced Medium Range Air to Air Missile) - Missil Ar Ar Avançado de Médio Alcance

APU (Auxiliary Power Unit) - unidade auxiliar de energia, pequeno motor encontrado normalmente na cauda de grandes jatos. Ligada normalmente durante a permanência no solo, serve para alimentar os sistemas elétricos, baterias, e ar condicionado. Serve também como fonte auxiliar de emergência para ativar sistemas fundamentais para a operação da aeronave.

# B

BVR (Beyond Visual Range) - para além do alcance visual 

# F

FLIR (Forward Looking Infra-Red) - sensor de visão frontal infravermelha, é um dispositivo, com óbvias aplicações militares, que detecta a radiação infravermelha emitida por objetos "quentes" (ou seja, que emitem ondas de radiação infravermelha. Usam a energia térmica emitida para formar, com a ajuda de um processador digital, imagens tridimensionais dos objetos observados, criando uma espécie de "retrato térmico" dos mesmos em tempo real, podendo ser usados para ajudar a dirigir aeronaves e veiculos durante a noite ou em condições de má visibilidade ou ainda para detectar objetos providos de calor contra um fundo frio, quando é impossível a percepção visual dos mesmos. 

# J

JHMCS (Joint Helmet Mounted Cueing System) é um capacete HGU-55/P modificado, que incorpora um Heads-Up Display (HUD) projetado pela viseira com informação do alvo de e para as armas e sensores. Este sistema melhora a eficácia em combate ar-ar e ar-solo, pois facilita ao piloto alinhar a aeronave ao alvo., simplificando o processo de aquisição pelos sensores e armamento pelo simples olhar na sua direcção através da viseira do capacete, permitindo-lhe monitorizar e seguir o alvos pela simples manutenção do mesmo na sua linha de visão.

# L

LERX (Leading-Edge Root EXtension), em português, extensão de raiz de asa, é uma pequena extensão da superfície de asa da aeronave, para além do bordo de ataque  junto à raiz, geralmente de forma triângular, que permite melhorar o fluxo de ar em ângulo de ataque elevado, e a baixas velocidades de voo, para melhorar a manobrabilidade e atrasar a perda de sustentação. O LERX introduz fluxo de ar controlado para baixo das asas em altos ângulos de ataque, atrasando a incidência da perda de sustentação e, consequentemente, perca de controle. Em voo de cruseiro, os efeitos do LERX são mínimos, contudo, em ângulos de ataque elevados, como os que ocorrem em combate aéreo ou durante decolagens e aterragens, o LERX gera um vórtice de alta velocidade sobre as asas que mantém o fluxo de ar suave sobre a sua superfície bem além do ponto normal de perda de sustentação no qual o fluxo de ar se romperia.


Enviar um comentário